Avatar de FNOP

por

Alterações nas organizações de mercado no sector das frutas e legumes

14 de Abril de 2015 in Hortinet

Alterações nas organizações de mercado no sector das frutas e legumesDois estudos encomendados pelo Parlamento Europeu apontam para a necessidade da simplificação e segurança jurídica da organização comum de mercado do sector das frutas e legumes. Este trabalho deve ser levado a cabo pela Comissão Europeia.

O Comissário da Agricultura, Phil Hogan, já veio confirmar que a Comissão preparou uma proposta de simplificação do quadro regulamentar do sector e que irá de encontro aos anseios mostrados nestes estudos.

Um dos estudos revela que são necessárias medidas específicas para o sector, e para os países do sul, que têm vindo a ser confrontados com uma diminuição do consumo e, com isso, uma redução das margens dos produtos, o que tem como consequência uma diminuição da área cultivada.

Segundo este estudo, que incidiu em cinco países, a França, a Espanha, a Grécia, a Itália e Portugal, é urgente actuar em três domínios.

Primeiro, o incentivo ao consumo para reconquistar os 20% que foram perdidos nos últimos dez anos. Segundo, o desenvolvimento das exportações para países terceiros, que passa pela resolução das barreiras alfandegárias fitossanitárias, que impedem as exportações para alguns países. Terceiro, a simplificação da organização comercial de mercado, de modo a que os mecanismos de gestão de mercado sejam efectivos e possam resolver os problemas, em caso de crise de mercado.

No caso do estudo realizado aos países do norte da Europa, considera-se que não são precisos novos mecanismos de regulação de mercados, mas, sim, torná-los juridicamente mais eficazes.

Consideram que o nível de organização dos produtos é já muito grande e avançou muito nos últimos dez anos, o que dá alguma segurança aos produtores.

Este estudo foi realizado na Polónia, na Alemanha, na Holanda, na Bélgica e no Reino Unido.

Fonte: Agroinfo.pt




Deixe um comentário

Precisa de iniciar sessão para introduzir um comentário.